Em outubro: companhias nacionais e internacionais se apresentam no TIC

Com acesso gratuito, a 4ª edição do TIC acontece de 9 a 16 de outubro com programação em oito locais de Fortaleza e Sobral. Patrocínio: Caixa Econômica Federal, Caixa Cultural Fortaleza e VIVO.

Bricoleiros Teatro de Bonecos

Bricoleiros Teatro de Bonecos

“Solte a sua imaginação”, é o tema do TIC 2014, Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará, que chega à quarta edição de 9 a 16 de outubro, com programação gratuita em Fortaleza e Sobral. A escolha do tema é um convite à reflexão sobre a capacidade inventiva do ser humano de criar realidades que alimentam a alma, os sonhos e as mudanças, subvertendo a realidade vigente por meio da sua rica imaginação.

Artistas e companhias do Brasil (Ceará e São Paulo), Espanha, França e Itália participam do TIC 2014 com espetáculos de Teatro, Teatro de Objetos, Teatro de Animação, Lambe-Lambe (Teatro de Miniaturas), Contação de Histórias, Dança, Circo, Música e Clowns, em cerca de 30 apresentações. Tudo isso e ações formativas, compõem a programação, que acontecerá em Fortaleza no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC), CAIXA Cultural Fortaleza, Sesc Senac Iracema e Vila das Artes, e em Sobral no Theatro São João e Parque da Cidade.

 

Criado em 2011, o TIC promove novas formas de pensar e fazer a arte para a infância, com a proposta de quebrar velhos paradigmas e preconceitos em torno dessa linguagem que a perseguem há anos. Desde a primeira edição, o Festival reúne espetáculos nacionais e internacionais, em Fortaleza e outras cidades do interior cearense, com uma programação que explora inovadoras dramaturgias e estéticas, abordando narrativas pertinentes à família contemporânea.

Em 2014, o TIC dá continuidade à sua proposta de quebrar as frágeis barreiras do teatro e interagir com outras linguagens. O Festival segue se reinventando e cumpre seu papel de democratizar o acesso à cultura da infância e de promover o teatro infantil contemporâneo, trazendo novos ares para os palcos cearenses. Com uma cota de ingressos destinada a escolas públicas, o Festival procura contribuir para a formação estética de alunos e educadores. Além disso, são ofertados os serviços de audiodescrição e intérpretes de libras.

Edivaldo Batista

Edivaldo Batista

A quarta edição do TIC é uma realização do Instituto Seara de Cultura e Desenvolvimento e promoção da Invento Produções Culturais, com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, Caixa Cultural Fortaleza e VIVO. Tem como parceiros locais: Vila das Artes, Secretaria Municipal de Educação (SME), Secretaria de Cultura e Turismo de Sobral, Escola Porto Iracema das Artes, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), Sesc e Instituto IRIS. Como parceiros internacionais, tem: Ministério de Educação, Cultura e Esporte da Espanha, Instituto Nacional de Artes Cênicas e Música (Inaem) que trazem os espetáculos espanhóis Bag Lady e Momentari (esse último conta também com a ajuda do Mercat de les Flors), Instituto Francês e Mairie de Toulouse, que trazem ao TIC o espetáculo Vagabundo.

AS COMPANHIAS INTERNACIONAIS

O 4º TIC recebe 5 companhias da Espanha, França e Itália, com espetáculos de teatro de objetos, dança, música clássica e clowns, um dos quais também voltado para a primeira infância. São eles, os espanhóis Cia. Mons Dansa, com “Momentari” (espetáculo de dança), e The Bag Lady Theater apresentando “Bag Lady” (teatro de objetos); as companhias francesas La Boîte à Sel, em “Play” (espetáculo de teatro de objetos e voltado para a primeira infância), e Areski, com a peça “Vagabundo” (teatro de objetos); e da Itália vem Peirotto e Pampaloni com “Antes tarde do que nunca” (espetáculo de clowns e música clássica).

ATRAÇÕES LOCAIS/NACIONAIS

O TIC apresenta 12 espetáculos produzidos por 11 artistas ou companhias teatrais nacionais, dos quais, 10 são do Ceará. De São Paulo, o Paraladosanjos vem com o espetáculo circense “O imprevisível circo da lua”. Do Ceará, um dos destaques é a estreia de “O Pequeno Casaco Solitário“, do Grupo Bagaceira de Teatro (espetáculo de teatro de objetos).

Do Ceará, o público do TIC também poderá conferir: “Mistura – A Dança das Coisas”, do Grupo N Infinito (espetáculo de dança), “LIX, o super lixeiro em ‘Chama a minha mãe aíii!'”, com o Grupo Teatro Novo (peça de teatro com audiodescrição), “O vento que sopra em Quetzalcoat”, do Grupo Teatro Imaginarium (teatro, com serviço tradução em libras), “Criaturas de Papel“, do Bricoleiros Teatro de Bonecos (teatro de animação), os espetáculos de teatro de miniatura (lambe-lambe) “As Estripulias do Palhaço Trepinha”, da Cia Epidemia de Bonecos, e “A Surpresa”, de Ângela Escudeiro, e os trabalhos de contação de histórias “Iroko”,de Edivaldo Batista, “O Jabuti e o Chacal e outras histórias de animais”, com Paula Yemanjá, e mais, “Histórias fantásticas que viajaram o mundo” e “Essa história é o bicho!”, das Costureiras de Histórias.

AÇÕES FORMATIVAS

Intercâmbio

Cia. Mons Dansa (ESPANHA)

Cia. Mons Dansa (ESPANHA)

A Cia Mons Dansa, da Espanha, realizará uma ação educativa junto aos alunos da formação básica em dança da escola Vila das Artes (dias 7 e 9), alunos do projeto Vidança (dia 8) e arte-educadores (dias 11 e 12 no Cena 15, da Escola Porto Iracema das Artes). Essa ação faz parte do projeto TROCAS do teatro Mercat de Flors, de Barcelona, que vem realizando um intercâmbio com o Brasil na área de educação para dança contemporânea.

O Trocas é antes de tudo uma ação que visa a partilha, através de atividades que buscam uma construção de conhecimento e entendimento mútuos. Entre os objetivos, está o de trazer para o Brasil a “maleta pedagógica”, que é a principal ferramenta de experiência em dança da companhia para professores. A ideia é trazer, não como algo pronto e somente traduzido, e sim como uma ferramenta que será adaptada à realidade brasileira. “O projeto pedagógico do Mercat de les flors só encontra sentido no outro, na troca; o público é parte intrínseca do feito artístico. Pensando nisso, levar ao Brasil nossos fios, torna-se um ato de produzir juntos, entrelaçar saberes, vidas, criações e corpos”, explica a companhia.

Programadores de Festivais

O 4° TIC receberá programadores de festivais nacionais e internacionais, que vêm especialmente para assistirem aos espetáculos cearenses. “Nossa intenção é proporcionar aos artistas e grupos do Ceará que se apresentam no TIC a possibilidade de apresentações fora do Ceará e do Brasil”, revela Emídio Sanderson, diretor artístico do Festival. Estes convidados participarão de uma Roda de Conversa sobre Festivais Internacionais para a Família no dia 09 de outubro, às 19h30, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. O mediador será Emídio Sanderson, diretor artístico do TIC.

Os convidados são: Peter Kirk (Membro do Conselho Dinamarquês da  Assistej – International Association of Theater for Children and Young People e Diretor do Asterions Hus, onde desenvolve projetos artísticos e educativas na área de teatro e dança), Peter Mancher (Programador e coordenador internacional do Danish Children’s Theatre Festival – Festival de Teatro Infantil da Dinamarca), Karen Acioly (Diretora do FIL – Festival Internacional de Linguagens no Rio de Janeiro) e Lina Rosa (Diretora do Sesi Bonecos e do FITO – Festival Internacional de Teatro de Objetos, eventos itinerantes realizados no Brasil).

SERVIÇO
4º TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará
– De 09 a 16 de outubro em Fortaleza e dia 12 Sobral. Informações: (85)3048.6077 / fest.teatroinfantil@gmail.com. Site: www.festivaltic.com.br. t: @inventocultural. f: TIC – Festival de Teatro Infantil do Ceará.

ATENDIMENTO À IMPRENSA: 

DÉGAGÉ – Assessoria de Imprensa do TIC
Sônia Lage e Eugênia Nogueira (85-3252.5401 / 9989.5876)
degage@degage.com.br / degagecomunica@gmail.com
t: @degage_imprensa / f: degageassessoria

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *